Páginas

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Salmodeando o Apocalipse

Eu quero celebrar esse Cristo, celebrar com a vida, com as minhas atitudes. Quero celebrá-Lo pela Sua excelência, pela Sua grandeza.
Quero celebrar à Sua personalidade santa, ao Seu jeito misericordioso, pela graça que nos deu através da cruz.
Quero celebrar Sua proteção, Sua fidelidade e amor.
Quero ter louvor para dar ao Senhor quando eu entrar em Sua casa, quero ter reverência ao pisar em Seu templo. Quero me lembrar sempre que o Senhor se manifesta no silêncio de uma oração e no barulho de um clamor.
Quero ter meus dons e talentos entregues a Ele, quero ter minhas ansiedades supridas pela esperança que Ele me dá. Quero acordar todos os dias agradecendo mesmo pelas lutas. Quero entender e saber enxergar a beleza da santidade do Senhor, quero ver nos céus de incontáveis estrelas a quantidade de promessas que Ele fez e vai cumprir.
Quero exaltar Suas atitudes poderosas, Sua manifestação intensa e sem palavras poder descrevê-Lo em um quebrantamento de coração.
Quero louvá-Lo com todo e qualquer som que eu puder produzir, quero dançar no rítmo do vento que o Espírito Santo sopra.
Quero viver nessa atmosfera de louvor, quero permenecer firme até o fim e aprender a levantar após cada tropeço até o dia que Ele vier me buscar em glória.
Imagino Sua vinda, Sua veste resplandecente, Seus olhos brilhantes, Sua veste salpicada de sangue. Quero ver em Sua coxa aquilo que declaro com tanto amor: "Rei dos reis, Senhor dos senhores".
Esse Jesus que espero tanto, me preenche a cada dia. Eu Te louvarei para sempre enquanto Te espero.

sábado, 9 de julho de 2011

Eu por mim - Marcos 5.25

Pra falar a verdade, eu nem lembro como começou. Fazia tanto tempo que eu estava doente, que eu não consigo puxar na memória quando foi que isso começou.
Lembro do primeiro laudo do médico aqui da região, que dizia que não tinha jeito, eu deveria apenas ser afastada do convívio das pessoas. E foi assim que tudo começou.
A criadagem começou a ser dispensada, porque eu gastava tanto dinheiro com os exames que eu tinha que fazer, alguns doiam tanto, e o laudo era sempre desanimador.
Um ano, dois anos, três anos e eu ainda acamada. Olhava a vida passando pela janela e eu me perguntava até quando eu iria sangrar. Muito prazer, eu sou a mulher do fluxo de sangue.
Quatro anos, e eu só pensava como seria sair pelas ruas da cidade acompanhada das criadas aqui de casa para fazer compras. Ou como seria pode correr, poder se sentar à mesa para jantar acompanhada da família.
Eu estava praticamente falindo, todo o dinheiro que eu tinha servia para controlar o fluxo excessivo. Eu estava ficando louca.
Cinco anos, seis, sete, oito anos. Minha vida estava escrita nos lençóis da minha cama. Falava com Deus e o questionava sobre a minha condição, me perguntava onde eu tinha errado, não entendia o porquê. Eu me olhava no reflexo da vasília de água no meu quarto, minha aparência era de dar dó. Eu estava pálida, os lábios completamente sem cor, eu não me sentia feminina, eu sabia que não atriai ninguém. E por quê ser atraente quando se sabe que não pode amar, e que sem demora, a vida vai acabar?
Eu pensava assim.
Nove, dez, onze... Finalmente, doze anos. Me lembro de ter ouvido alguém falar de um homem que curava qualquer doença. Eu poderia fazer como muitos e desacreditar. Afinal de contas, eu havia gastado TUDO com médicos, com tratamentos e ainda sangrava a ponto de ter vários desmaios por dia e mal poder me sustentar sobre as pernas. Eu já não andava mais, eu me rastejava.
Aquele barulho na cidade, crianças e mulheres gritando que o tal Mestre estava chegando. Saí de dentro de casa, e imaginei como faria para passar por dentre a multidão ser ser pisoteada. Com toda a fé, cara e coragem eu fui.
Devagarzinho, eu cheguei perto Dele e que glória saia do cheiro de Cristo, que perfeito era estar quase enconstando em Cristo. 1, 2, 3 e já! Coloquei a mão na barrinha dos vestidos Dele e meu fluxo estancou instantaneamente. Pensei: "Meu Pai, se me pegam tocando no Mestre, tô perdida!"
Mas Ele perguntou quem havia tocado nEle, porque saiu virtude.
Se eu tinha coragem pra sair de casa naquele estado, eu tinha coragem pra dizer que eu O toquei, não é?
Logo que me apresentei, Ele disse: "Filha, a tua fé te salvou. Vá em paz; e sê curada deste mal" (Mc 5.34)
Ah, meu amigo... Eu fui pra casa. Sentei a mesa, me alimentei. Olhei novamente no reflexo da água naquela vasília, me vi corada, eu estava viva.
Precisa de cura? Libertação? Um milagre secreto? Um milagre público? Vá até o Mestre, seja livre como eu.

terça-feira, 5 de julho de 2011

Falar que eu sou crente, é tenso!

Frequentemente, nós jovens temos a mania de ocultar nossos sentimentos cristãos, nossa devoção a Cristo ou qualquer coisa que expresse intimamente nossa relação com Cristo e a santidade que nos é proposta pela palavra de Deus.
Visamos outros interesses, de conquistar alguém ou algo, passar a imagem que queremos para persoadir alguém ou causar algum tipo de impressão através de frases em nossas redes sociais e até mesmo na nossa vida cotidiana em contato com nossos colegas de classe, trabalho e vizinhança.
Temos a sensação de que anunciar Cristo em nossas vidas não nos trará sucesso em coisas que queremos, ou que isso envergonhará o evangélio pelo fato de sabermos que somos falhos e que dizer que ama a Cristo com as atitudes que andamos tomando nos trará contradição.
Falar de Cristo quando se tem a idade em que sua exposição social define exatamente que tipo de pessoa vai se sentir atraído pela sua amizade ou até mesmo atraído para ficar com você, namorar, ou seja lá o que for é bem tenso.
Sinta-se aliviado, a culpa não é sua.
Para as garotas, por exemplo, falar de Jesus em uma rede social deve ser feito com cautela, afinal de contas, nem sempre aquele cara que você quer conquistar é evangélico como você, e quando é, se afasta intuitivamente porque sabe que você não é o tipo de garota que se pode aproveitar e não ter nenhum relacionamento sério. É incômodo quando somos rejeitadas por sermos "diferentes" das outras, mas acredite, é você quem sai ganhando.
Quanto aos garotos... "E os amigos? E a minha moral de malandro, onde fica? Eu bebo, pow! Falo altas sacanagens com os amigos. Só pego as meninas, eu não namoro sério. Não posso ficar me passando por crentão sem ser assim, e mesmo que eu seja, não posso ficar envergonhando o nome de Deus assim."
A boa notícia é que reconhecer a importância de Deus para nós perante a sociedade não é uma decisão, é um processo. Começa-se devagar,dando um passo de cada vez. Acostumando às pessoas a sua condição cristã.
Nas relações interpessoais, a diminuição dos palavrões, as saídas sutís de conversas excessivamente mundanas, a rejeição "disfarçada" dia após dia do álcool e dos relacionamentos rápidos e sem qualquer compromisso vão te levar até mesmo a ganhar outras vidas pra Jesus, porque já que você consegiu, mesmo que lentamente, vão ver em você a possibilidade de conseguirem também atingir um patamar de santidade que não terá a aparência de fanatismo. Ser cristão não é fanatismo, diferença de vestimenta e definitivamente não é falar de Deus o tempo todo. Ser cristão é reconhecer em Deus a nossa dependência total dEle, é abster-se do errado sem parecer excessivamente certo a ponto de não poder ser copiado.
Quando Cristo propõe que nos examinemos a nós mesmos, Ele nos propõe que vejamos em nós, pela luz da Palavra o que nos é lícito e o que não nos convém.
Faça o que está sentindo, coloque em seu MSN, Orkut, Myspace, Facebook, Twitter e por aí vai, o que sente com relação a Deus. Ser sincero não é dizer verdades, é demonstrar pelo seu ponto de vista uma verdade, portanto, ser sincero quanto à Deus é mostrar que Ele é o caminho, A VERDADE e a vida da maneira que você sabe.

sábado, 21 de maio de 2011

Tudo por amor.

Eu imagino como sofreu meu Jesus. As lágrimas que eu não vou chorar, Ele chorou. A dor que eu não vou sentir, Ele sentiu. A morte que eu não vou ter que experimentar, Ele experimentou. Tudo por amor.
Imagino as chagas que eu nunca terei ferindo seu corpo e a coroa de espinhos que eu nunca terei que usar O torturando. Tudo por amor.
Imagino os insultos que Ele ouviu e que jamais terei de ouvir, imagino as mãos e pés do meu Mestre furadas e as minhas nunca terão que ser furadas, Seu lado ferido, Seus olhos cansados, Seus lábios machucados. Tudo por amor.
Imagino o peso de uma cruz que era minha, os açoites dos soldados, momentos de terror que o meu Amado passou e que nunca terei que passar. Tudo por amor.
Seu corpo dilacerado, meu Jesus foi traído, foi moido por iniqüidades minhas. Ele foi transpassado, castigado sem culpa alguma. Tudo por amor.
O corpo do meu Mestre foi enclausurado, foi escondido, enfaixado. Meu Mestre por alguns naquele dia foi esquecido.
O Filho de Deus, que de verbo por mim se fez carne. O meu Querido, que curou feridas, deu vista à que não enxergava, deu audição à quem não ouvia, devolveu o caminhar de coxos. Naquele dia, o meu Mestre por muitos era só um corpo sem vida.
Mas no terceiro dia, após a remoção daquela pedra por um anjo do Senhor (Mt. 28:2), Ele, LINDO, revestido de glória e majestade, o Mestre se fez glorioso.
Louvado seja o nome do Senhor, que tomou sobre si as minhas dores. Louvado seja àquele que sobre a morte triunfou, louvado! Louvado! Louvado seja o Rei, o Maravilhoso Emanuel, o Príncipe da Paz, Yeshua Hamashia que tomou as chaves do inferno para libertar a minha alma.
Foi tudo por amor, o meu Senhor que se deu. Foi por um amor inigualável e inatingível pelo simples coração humano que é incapaz de compreender a dimensão desse amor. Amor que tanto se deu, amor que pouco pediu.
É esse amor de Jesus que não me canso de declarar. Esse amor que me faz estar aqui escrevendo com lágimas nos olhos, molhando o teclado do meu computador ao imaginar o meu Jesus sendo morto por amor de nós.
Imagine quanto amor, imagine o nosso Cordeiro mudo sendo açoitado, sendo ferido.
Foi muito mais que uma morte, foi a nossa vida!
E o véu se rasgou de alto a baixo nos trazendo a vida eterna por intermédio de Cristo Jesus.
É o Rei dos Judeus, Rei que hoje reina absoluto sobre toda a Terra.
Nada do que eu tenho feito é muito para retribuir esse amor, todas as obras, toda a dedicação para agradecê-Lo é pouco.
Não dá para explicar, impossível entender. Ele se deu.

•Mt. 26:36-46 relata Jesus no Getsêmani
•Mt. 26:47-56 relata Jesus sendo preso
•Mt. 26:5768 relata Jesus perante o sinédrio
•Mt. 27:11-31 relata Jesus perante Pilatos (o instrumento para assassinar Jesus)
•Mt: 27:32-56 relata a crissificação de Jesus
•Mt. 28:1-15 relata a RESSURREIÇÃO do Mestre

sábado, 9 de abril de 2011

Os nomes de Deus

1.Elohim (plural) e Eloah (singular).
2.El : Deus, como “Aquele que vai adiante ou inicia as coisas”.
3.El-Berit : Deus que faz pacto ou aliança (Gn 31:13, 35:1-3)
4.El-Elyon : Deus Altíssimo (Gn 14:17-20)
5.El-Ne'eman : Deus de Graça e Misericórdia (Dt 7:9)
6.El-Nosse : Deus de Compaixão (Sl 99:8)
7.El-Olan : Deus Eterno, da Eternidade (Gn 21:33)
8.El-Qana : Deus Zeloso (Ex 20:5; 34:14)
9.El-Ro'i : Deus da Vista (Gn 16:13)
10.El-Sale'i : Deus é Minha Rocha, o Meu Refúgio (Sl 42:9-10)
11.Shadday : Todo-Poderoso (Gn 17:7; 28:3; 35:11; 43:14; 48:3; Ex 6:3 e Ez 10:5)
12.Adonay : Senhor (Para não usar o nome de Deus em vão)
13.Jireh : O Senhor proverá – Deus proverá. (Gn 22:14)
14.Rapha : O Senhor Que Te Sara (Ex 15-26)
15.Nissi : O Senhor é a Minha Bandeira. Moisés assim chamou o altar que edificou (Ex 17:15)
16.Shalom : O Senhor é Paz (Jz 6:24)
17.Raah : O Senhor é o Meu Pastor (Sl 23:1)
18.Tsidikenu : Senhor Justiça Nossa (Jr 23:6)
19.Sabaoth : O Senhor dos Exércitos (Sl 24:10)
20.Shammah : O Senhor Está Ali (Ez 48:35)
21.Magen : Senhor nosso escudo (Salmo 3:3)
22.Palar : Senhor Libertador (Salmo 18:2)
23.Yasha : Senhor Salvador (Is 43:3)
24.Shaphar : Juiz (Gn 18:25)
25.Hakadosh BarukHu : O Santo Bendito Seja
26.Ribono Shel Olam : Senhor do Universo
27.Kadosh : O Santo de Israel
28.Maor : Doador da luz (Gen 1:16)
29.Aba : Pai (Sl 89:26) (Rm 8:15)
30.Gaal : Redentor (Jó:19:25)
31.Eyaluth : Força (Sl 22:29)
32.El Roi : Deus que vê (Gn 16:13)
33.Tsaddia : Justo (Sl 7:9)
34.Jeová-Kainna : O Senhor Zeloso (Ex 20:5, Ex 34:14)
35.Emanuel : Deus conosco (Is 7:14, Mat 1:23)
36.Jeová Rohi : Senhor meu Pastor (Sl 23:1, Jo 10)
37.Yeshua HaMashiah (Jesus O Enviado)
38.Jeová Eloai : O Senhor meu Deus (Js 7: 7-8)
39.Jeová Elohenu : O Senhor Nosso Deus (Dt 2 : 33,36)

Deus tem ainda mais outros vários nomes, mas veja como esses nomes se aplicam nas mínimas coisas das nossas vidas:

♪ Oh Eloah Tu és o meu Eyaluth, a minha fortaleza
Minh'alma tem sede de Ti Adonay
Com júbilo nos lábios, Te louvo ó meu El Shadday
Debaixo de Tuas asas, encontro abrigo (El Sale'i)
Te louvo e Te bendigo (Hakadosh BarukHu), porque sempre és comigo ó Emanuel
Glórias ao El Olan ♫

sábado, 26 de março de 2011

Banda Flecha


Nessa edição do "Eu curto Cristo", vou falar sobre uma banda de rock gospel que vem ganhando espaço no Sul do país.
To falando da Banda Flecha, galera!
Composta por seis jovens dispostos a acertar seu maior alvo que é Cristo através da música e de seus testemunhos de vida e conduta, a Banda Flecha se inspirou em ícones como Oficina G3, Hillsong, Fernandinho, Skillet e por aí vai.
A Flecha é bem jovem, tem apenas seis meses de idade, mas muita energia pra gastar louvando ao Senhor.
A inspiração para o nome veio do Salmo 127-4: “Como flechas na mão de um homem poderoso, assim são os filhos da mocidade.”
Os integrantes são todos da igreja Assembléia de Deus em Jaraguá do Sul - SC... Ah, quer saber mais sobre cada um deles? Aí vai:

Jairo Prado
: O mais eclético de todos, tem uma veia musical mais abrangente, tendo como paixão a black music, o rock e o rap. De timbre mais forte e composto, é o responsável pela parte mais grave dos vocais.
Toca violão, baixo, guitarra, teclado e compõe as músicas próprias da banda. Inventor de estilos, sempre emprega em suas canções a famosa “negrisse” ou “negritude” que dá todo o charme e diferencial na banda, misturando ritmos diversificados, atingindo todos os públicos e principalmente dando o seu melhor pra Deus. É o co-fundador da Banda Flecha.





Dinho (Chileno)
: Na música é o mais novo, sua vocação foi descoberta ao ser ouvido pelo Jairo enquanto cantava. Seu timbre é mais agudo e suas preferências são o rock, o rap e o pop rock. É o vocalista e o mais velho dos integrantes, seu ponto positivo é a curiosidade e o empenho em aprender. Estudioso, ensaia cada pequeno detalhe das canções que vai interpretar. Tem pouco tempo no evangelho, mas tem sua fé visivelmente bem alicerçada no Senhor.





Lucas: Nascido rodeado por música, não descobriu seu talento logo de cara. Na infância tentou teclado, mas decidiu trocar de instrumento. Aprendeu violão e bateria, dando inicio a sua carreira dentro da igreja. Seu conceito musical mudou quando descobriu o amor à guitarra. Nas musicas é mais voltado para os solos e riff, é habilidoso e manda super bem criando solos diferentes. Porém, o teclado voltou e veio a junção do teclado com a guitarra simultaneamente, no mínimo um traço bem incomum, eu diria. E é o mais novo da banda.






Wilsoooon! Ops! - Wilson: Estudou na escola Adventista e lá participou do coral, com isso ganhou um certo conhecimento musical. Parecia um garoto quieto, mas as aparências enganam. Wilson é completamente rock n’ roll! O guitarrista é o cara dos improvisos, e com um “gravador” dentro dos ouvidos não descansa até reproduzir exatamente o que escutou.








Ébener: O invocado da turma, cresceu com o Jairo quando eram muito, mas muito novos mesmo! Mesmo criança, já tocava na orquestra da igreja e dava show. Morou um tempo nos Estados Unidos e lá aperfeiçoou mais seu dom, quando voltou estava louco para montar uma banda, se uniu ao Jairo, mas a banda não ficou exatamente o que eles esperavam. Morou também na Nova Zelândia, onde tocou numa banda bem famosa por lá. O cara tem muita habilidade com as baquetas, é expert em viradas impressionantes e alguns truques na bateria. Toca também baixo, teclado e guitarra e às vezes também auxilia na separação das vozes com seu timbre intermediário. É o fundador da Banda Flecha.




Jadinho (Jadiel Filho)
: Baixista da banda, cresceu com o Jairo e o Ébener. Com musicalidade nata, começou cantando na igreja.
Descrito pelo Jairo como "o cara que parece ter seis dedos na mãos" é agil com o baixo, sendo impressionante na execução dos solos. Toca violão, teclado e gaita também.






Bom, esses são os seis flechas de Cristo, buscando através do louvor estarem ficandos no alvo que é Jesus Cristo, o amado das nossas almas e não distante Dele. Levando música de qualidade para fazer a obra da salvação.
Quer saber? Aumenta o som pra curtir a Banda Flecha.
Contatos: (Twitter) @JairoAfronegs, @ebener_7, @wilsonjrguitar, @Chilenoflecha e @BandaFlecha

Curti muito fazer essa matéria por ter sinceros sentimentos pelo trabalho desses "piás" em si. O Jairo é meu primo e não é nada espantoso ver esse progresso e crescimento musical, já que entre nós ninguém escapa da música. O Dinho, sem comentários, quem me conhece sabe que vou além de fã. Wilson é brother demais e os outros meninos, apesar de não conhecer, sei que são muito bons no que fazem. Portanto galera, OUÇAM a Banda Flecha.

YouTube: http://www.youtube.com/user/TubeBandaFlecha
http://www.youtube.com/user/afronegs

*Quer anunciar sua banda ou trabalho solo no "Eu curto Cristo"? Meu Twitter é: @AnaVicentee e meu email: na.nii6@hotmail.com - Entre em contato, você me ajuda e eu te ajudo.

domingo, 20 de março de 2011

O testemunho de Pedro.

Me vejo navegando em um barco, sem saber que tipo de maré me aguarda. Sem saber se vou pescar muito, pescar apenas o suficiente pra me alimentar ou se eu não vou levar nenhum peixe pra casa.
Olho pro céu e até mesmo seus sinais me confundem, está escurecendo mais, e aí eu sinto medo. O medo da responsabilidade de abastecer minha família e o meu orgulho talvez possa me acusar em algum momento.
Mas aí eu vejo o Mestre, em sua infinita glória e magestade andando sobre as águas. Ele vem calmo, com aquele rosto sereno e seus olhos me dizem para não ter medo, para confiar Nele.
Nessas horas minha sobriedade e racionalidade são inúteis, não alimentam minha fé porque não consigo me imaginar andando sobre as águas desse mar. Talvez se eu estivesse em uma região mais raza, eu pudesse tentar ir até Ele. Mas não, se eu afundar quem me trará à tona?
Talvez eu confie pouco em Jesus nesses momentos de desafio, ou talvez apenas não confie em mim.
Enquanto discuto comigo mesmo, o Mestre continua me olhando com aquele sorriso que eu já conheço, me transmitindo confiança.
Aqueles que estão ao meu redor não reconhecem a face do Mestre nessa escuridão. Eles tem medo do que vem vindo, eu só tenho medo do mar. Eu jamais deixaria de reconhecer aquela voz me dizendo para não ter medo, Jesus, o meu Jesus se apresentou a mim. Sou humano e O desafiei dizendo que se fosse realmente Jesus me fizesse caminhar com Ele sobre as águas. Um pé após o outro, o frio na espinha, mas dessa vez confiante. Senti o vento forte, o mar se mexer demais, me amedrontei, afundei e pedi ajuda do Mestre. Ele segurou firme na minha mão e questionou minha fé com aquela voz de repreensão e carinho ao mesmo tempo. Mais uma vez, a glória Dele foi manifestada, não só por ter me feito caminhar sobre o mar, mas por me salvar das águas. Reconheceram atráves do que Ele fez por mim que verdadeiramente Ele é o Filho de Deus. Meu Jesus... imploraram pra tocar na orla das Suas vestes, e eu, pobre Pedro pecador e falho tive a graça de ser salvo pelas mãos preciosas do Mestre. Desde então, me lembro poucas vezes de ter tido medo. O neguei antes da sua carne morrer, tive medo de declarar-me amigo Dele, mas ao vê-Lo ressuscitado, o medo se foi. Sou pescador de almas à serviço do Rei. E você?

Mt 14:21

quarta-feira, 2 de março de 2011

Dedinhos que acusam não aprenderam a abençoar.

Este domingo tivemos a edificante palavra do Presítero Nil em nossa igreja. Uma palavra forte sobre proferir bênção e não maldizer as pessoas.
Mas não é bem disso que eu quero falar hoje. Vamos nos lembrar daquela mulher que Cristo salvou do apedrejamento, lembra dela?
Possivelmente eu não vá citar uma versículo hoje porque o que eu vou dizer é simples e direto, trata-se também de ética cristã e de seguir os preceitos básicos de Cristo. Não necessitamos de ser expert em Bíblia pra entender que o inimigo de nossas almas é que é acusador. Jesus, o nosso Jesus não acusa ninguém.
Pra onde é que o seu dedinho anda apontando? Pra sí mesmo ou pra vida do seu irmão?
Aquele menino da tua igreja pecou: - Ó meu Deeeus! Que coisa horrorosa. Deus vai te perdoar, querido... mas eu não. Vou ficar o resto da tua vida te lembrando que você é um pecador e talvez você nem mereça perdão. Vou afastar as pessoas de você porque não é uma boa influência. Eu gosto de você, mas é impossível não lembrar do que você fez.
Se você faz isso concientemente ou inconcientemente, tá ferrado, meu querido! A Palavra de Deus diz em Miquéias 7:18-19 que Ele lança todas as nossas iniquidades no mar do esquecimento. E então eu lhe pergunto: Quem é você pra apontar o teu dedinho em direção ao teu irmão acusando-lhe?
Você se acha bom de mais, talentoso demais, usado demais por Deus, santificado demais, reto demais, é único, é destaque na tua igreja, tem uma conduta inquestionável perante todos, todos te admiram, te elogiam, querem ser como você, estar numa mesma posição que você. Mas enquanto o pecado dos outros é público e comentado nos bastidores o seu pecado é oculto e muito pior porque a tua língua e os teus pensamentos traem a palavra de Deus. Você é maldoso demais, desacreditado de que alguém pode mudar e progredir, porque na verdade você nunca cometeu um pecado grave. Será?
Olha o que diz em Mateus: "Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;" (Mateus 5 : 44)
.
Em João 8, a Bíblia fala sobre uma mulher adultera que o povo desejava apedrejar. A atitude de Cristo, contrariando a lei de Moisés, porque em Jesus havia MISERICÓRDIA foi perguntar a todos ali quem não tinha pecados. E você com certeza, como o resto do mundo todo, crentes ou não tem uma multidão de pecados.
Mas aí você me diz: Ah, meus pecados são pequenos, cotidianos.
Pois eu lhe digo: Não existe uma maneira de medir o tamanho dos pecados, se você tem relações sexuais antes de se casar, mente pra alguém, fala mal de alguém, julga em falso, está pecado do mesmo jeito.
Tua mania é apontar, apontar, apontar... Dizer que "fulano" não serve, ele não presta. Olha o passado dele, tão sujo, tão podre. Tá querendo tomar o lugar de Deus dando seu juízo a quem bem entender? Tá querendo ser mais santo que todos apenas pra mostrar que é santo e não se preocupando com a opinião de Deus sobre você?
Aquele teu amigo do passado sujo vai pro céu porque se sujeitou ao perdão de Deus, se sujeitou a transformação. Mas você vai pro inferno porque vai morrer com a tua língua maldizente e teus pensamentos acusadores.
Se liga, meu irmão! Jesus está voltando e você só tem obras pra oferecer, porque a tua fé está em si mesmo e não em Cristo. Teu orgulho e soberba estão te atrapalhando a enxergar o alvo maior que é Cristo. A vida dos outros é dos outros. Cuide da sua salvação que é individual.
- Ah, Ana, mas eu sou lider lá na igreja, tenho que cuidar dos meus liderados.| Eu tenho que falar, não aguento!
Disse bem, é lider na igreja. Não interfira no namoro do outro, no trabalho do outro, nas escolhas do outro se não for procurado pra isso.
Não confunda a sua opinião pessoal com a opinião de Cristo. Acredite, quase sempre vocês pensam bem diferente.
Bom, acharam que eu peguei pesado hoje? Eu acredito que não.

Ps.: Acabei citando alguns versículos! hasuhausha

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Deus já te perdoou.

Eu estava aqui pensando em umas coisas e o meu coração se perturbou. Um medo de nada dar certo, das coisas que o Senhor me prometeu se frustrarem. Me lembrei dos erros cometidos, daquilo que me feriu um dia. Lembrei da dor que eu causei para mim mesma e fiquei me perguntando se eu teria que carregar as consequências de uma maneira tão dolorida que não suportaria.
Abri a palavra do Senhor em Jeremias 30, e lá vi o quanto o Senhor amava o povo de Israel e vi o tamanho do perdão, o tamanho da misericórdia que o Senhor teve daquele povo. O Senhor viu o arrependimento, o medo daquele povo.
Um povo que temia a esterilidade*, temia o furor* de Deus, um povo que não sorria mais e quando sorria, o riso se convertia em choro porque o medo da escravidão e da dor era muito grande.
Mas um dia o Senhor usou Jeremias para saber do perdão de Deus, em plena época da lei, onde Deus matava severamente os que viravam as costas para Ele... Ah, como Deus nos ama, ama como amava todo aquele povo israelita e judeu.
Aquele povo tão assolado*, tão arrebentado, tão arrependido dos pecados que tinham cometido viram todo um quadro de morte virar vida.
Mulheres com filhos saudáveis, terra que dava frutos, animais que davam alimentos, homens saudáveis para o trabalho. Deus sarou aquela terra, deu uma descendência maravilhosa e saúde ao povo.
Era só uma questão pessoal, aliás, ainda é uma questão pessoal minha, mas que eu quero compartilhar com todos vocês. Deus não se lembra mais do seu passado, mesmo você acreditando que Ele sequer te vê, sequer te ouve, mesmo você acreditando que Ele já te condenou, que pra você, pros erros que você cometou não existe mais volta.
Ah, com o mesmo amor que o Senhor tratou a minha vida, que tirou a minha angústia, hoje o Senhor que tirar esse peso do seu coração. Ele sabe o quanto você mudou, o quanto você abriu mão daquilo que te atraia com tanta força, o Senhor vê teu choro, as suas lágrimas de arrependimento. E vai te dar um recomeço, um futuro cheio de paz.
Sendo você como Israel, arrependido dos teus pecados, a tua geração será chamada povo de Deus, sarados do Senhor, libertos, remidos, curados, transformados e não será amaldiçoada com nenhuma doença, nem uma tristeza.
Deus é fiel, muito fiel... Mesmo se um dia você não foi fiel, Deus, o seu Deus continua sonhando os sonhos d'Ele pra você e não há nada que O faça voltar atrás.

Referência: esterilidade: incapacidade de gerar alguém ou alguma coisa / furor: raiva / assolado: destruido

Leia o livro de Jeremias para entender melhor este texto.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Custe o que custar. Faça!

Vamos a Juízes para relembrarmos a Débora, a juíza.
(Só para usar como "detalhe", a Bíblia sagrada foi escrita em uma época onde as mulheres não tinha outra importância que não fosse ser mãe e dona-de-casa. Contrariando todos os preconceitos daquele tempo, a Bíblia deu destaque a muitas mulheres daquela época.) - Juízes do 4 ao 5

Não vou tratar hoje das mulheres em si, mas sim da fragilidade do ser humano. Homens e mulheres que Deus quer usar de uma maneira especial.
Debaixo de uma palmeira, Débora ficava sentada resolvendo os problemas de todo uma nação, ela tinha aquele instinto de liderar e de profetisar, uma comandante nata que de Deus recebeu o poder de aconselhar e tomar decisões simples ou bem sérias.
Ela poderia ter tomado o fato de ser mulher como desculpa para dizer ao Senhor que aquilo de entrar em guerras e confrontos era demais pra ela, que era um dona-de-casa como todas as outras. Mas não, Débora usou da ousadia que Deus havia dado a ela e com simples orações fez com que o exército todo de Sísera morresse a fio de espada um por um até que nenhum sobrasse. Esteve frente a essa batalha como guerreira, sem medo, sem desculpas, ela agradou ao Senhor com sua coragem.
É muito fácil dizer a Deus: Ah, Senhor... mas eu sou muito falho! Não tenho como adquirir cargos na igreja. Não sei se posso dizer o que o Senhor colocou no meu coração àquela pessoa. Não tenho tempo, Deus. Não devo, Deus. O Senhor pode levantar outro, mas eu não.. estou cansado. Tenho tanta coisa pra estudar, tanto trabalho pra entregar. Nem tempo de ir aos cultos eu ando tendo.
Ai você lava as suas mãos e deixa a obra pra lá.
Que bonito, né? Pensa que Deus escolheu qualquer outro lá da tua igreja e entregou seus talentos pra ele?
NÃO! ELE QUER VOCÊ!
Sem medos e covardias, aprimorando sempre teu instinto de liderança. Sendo coerente, habilitado pelo Espírito Santo, não sendo invasivo, sendo sábio, fazendo de si mesmo porta voz do Senhor. Deus quer te usar não porque você é bom, sim porque você precisa ser usado. Você entende isso?
Certamente Débora tinha filhos, um lar pra cuidar, seu esposo Lapidote que precisava dela. Mas para Débora as ordens do Senhor, as professias que Ele lhe dava eram muito mais importantes. Débora compreendia que poderia entrar em qualquer batalha que o Senhor a protegeria e honraria.
Tá lendo esse blog agora e lembrando de alguma coisa que Deus lhe mandou fazer?
Pode fechar essa janela e correr atrás dos propósitos de Deus pra sua vida, custe o que custar. Faça!

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Mas por quê, Senhor?

Algum dia você se perguntou: "Mas por quê, Senhor?"
Por que meus pais estão se separando? Por que eu fui ser mãe/pai tão jovem? Por que meu namorado(a) que eu amava tanto me deixou? Por que eu não consegui emprego? Por que o Senhor não me cura? Porque eu não tenho talento pra cantar/tocar?
Qual é o meu problema? O que tem de errado comigo? Meu pecado foi tão grande assim? Qual foi o pecado que meus pais cometeram pra que minha casa tivesse tantos problemas? Por que me falta beleza exterior? POR QUE, SENHOR?
São tantos "porquês", tantas questões que muitas vezes é impossível um motivo para acontecer.
Em Jeremias 17:10 diz o seguinte: Eu, o Senhor, esquadrinho* o coração e provo os rins; e isto para dar a cada um segundo seus caminhos e segundo o fruto das suas ações.
Lembra daquele ditado popular: "Deus não dá um fardo maior do que possamos aguentar."?
Pois essa é a realidade.
Quem conhece um pouco de medicina, sabe que os rins são orgãos vitais. Sem os rins é impossível sobreviver, temos que ter pelo menos um deles. Nesse versículo é possível entender que o Senhor prova sim os seus servos, como quando queremos até o sumo de uma laranja, sugamos, sugamos até que nada sobre. Às vezes a dor nos aproxima do Senhor e nos trás experiências incríveis de intimidade com Deus, intimidade essa que você quando estava confortável não adquiriu porque sentia que não precisava. Pois o Senhor te ama tanto, que te deixou passar por isso, te sugou muito com isso ai que você acreditava nunca poder superar para se aproximar de você. Deus têm te chamado à um grau de intimidade com Ele que só uma dor poderia trazer. Deus quer nos tirar do comodismo, assim como fez com Jó. Não que você possa estar sendo "relaxado" com Deus, Jó também não era relaxado com Deus. Mas para revelar o tamanho do amor que Jó tinha por Ele, para mostrar ao mundo como alguém pode ser fiel a Deus até mesmo com "os rins provados", Ele permitiu um sofrimento jamais visto e sentido por qualquer outo ser humano comum (Jesus sofreu MUITO mais, mas não era um ser humano comum).
Aproveite bem essa dor, faça disso um crescimento. Só conhece a graça de Deus em sua plenitude quem prova do amargo que Deus permite saborearmos. Jó disse que recebeu muito bem o "bom" de Deus e que também receberia bem o "mal" de Deus.
Lembre-se que o Senhor só prova quem Ele ama, só quem pode fazer algo que O agrade muito. Quando você chagar no ponto de humildade, fidelidade, bondade, sabedoria e crescimento que Deus quer, tudo isso vai passar e virar um testemunho de vida para quem está com seus rins em prova.

Referência: *esquadrinhar: vasculhar, pesquisar, indagar

Citação de Jó: "Porém ele disse: Como fala qualquer doida, falas tu; recebemos o bem de Deus, e não receberiamos o mal? Em tudo isso não pecou jó com os seus lábios." - Jó 2:10

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Just a closer walk / Just to be close (reprise)



Não há nada maior
Agora ou mais tarde
Isso eu sei
Senhor de misericórdia
Luz no meu caminho
Faça-me completo

Basta uma caminhada junto contigo
Porque Seu amor fará a diferença em mim
Não há nenhum lugar que eu prefira estar
Que sob suas asas de serenidade, ohh
(Apenas um trecho da tradução)

Essa canção entra dentro do meu coração de uma maneira inexplicável. Eu fico imaginando meu Jesus andando juntinho comigo.
O clip é maravilhoso, edificante e essas vozes que foram desenhadas pelo Senhor trás uma cultura musical que nunca é demais.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Pra falar a verdade, tô com medo! =/

É difícil de explicar, mas você tá com medo! Não medo de uma coisa concreta, como acidente de carro, assalto, estupro, ou de alguém que pode lhe fazer mal.
Não é medo de cachorro bravo, não é medo de bala perdida, não é medo de insetos. É medo!
Medo de algo invisível, medo do que o inferno quer que você tenha medo. Não dorme de luzes apagadas, não consegue ficar sozinho em casa, não consegue controlar os próprios pensamentos. Tem medo do diabo, de demônios, de vultos. Cobre os pés para dormir, acende as luzes por onde passa e quando passa em frente a um centro de macumba... PRONTO! As pernas tremem, você passa bem rápido e em pensamento repete milhares de vezes: "O sangue de Jesus tem poder!"
Tem medo da morte, medo de aparições malígnas, enfim... Medo do oculto.
Mas eu tenho uma boa notícia pra te dar: Se o Espírito Santo de Deus habita em você, não há potestade, nem principados, nem seta malígna, nem satanás nenhum que possa te tocar, tocar na sua casa, na sua família. E se por acaso ele resolver te amedrontar "revesti-vos de toda armadura de Deus" (Ef. 6:11) e com autoridade de Deus, mande embora toda armadilha do inimigo contra o seu psicológico.
O Senhor tem grandes coisas com o cérebro e o intelecto do homem, às vezes pensamos que o Senhor só trata dos nossos corações, alma e espírito. Mas o Senhor trata de nós como um todo e faz maravilhas através dos nossos pensamentos e trabalha nas nossas atividades cerebrais. É normal que o inimigo de nossas almas queira ser inimigo das nossas mentes também. "Porque não lutamos contra a carne e sangue, mas contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Portanto tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mal, e havendo feito tudo, ficar firmes." (EF.6:12-13)

PRA FALAR A VERDADE, TENHO CORAGEM! =D

O Senhor te dá forças e te dá autoridade do Espírito Santo... Ah! E expulsar coisas vindas do inferno não é brega, viu?! É necessário!

Medo de que? Medo de nada, porque o Senhor dos Exércitos está comigo!

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

D-Nil - Dependente só de Deus - Rap Gospel, a palavra de Deus para o gueto.

O Rap gospel é um movimento que tem como intuito o evangelismo através das letras, que como louvores de adoração, o rap gospel fala do amor de Jesus e experiência de vida dos rappers como cristãos. E através do rap gospel muitas vidas já foram resgatadas pra Jesus.
As pessoas tem uma visão distorcida do rap, acham que o rap é coisa de bandido, e pensam que os rappers são marginais por causa do seu estilo de se vestir. Mas a realidade é outra bem diferente. O rap gospel na verdade, expressa os sentimentos dos rappers e a adoração a Deus. Cada um tem o seu estilo e temas para suas musicas. Temas como: amizade, comunhão entre irmãos, fé, testemunhos de vida, criminalidade e adoração.
No meu caso, minhas rimas são de adoração e agradecimento a Deus!

Meu nome é Danilo Cavalcante da Rocha, vulgo D-Nil. Nasci em São Paulo no dia 18/11/1990, sou de uma família evangélica, e desde os 9 anos toco Bateria. Com o tempo fui aprendendo outros instrumentos. Comecei a me interessar por Rap com 15 anos, e foi quando fiz minha primeira musica “Violenta Realidade”, produzida pelo meu parceiro B-Zero (@Bzerobeat). Foi com ele que aprendi a fazer meus próprios beats, e desde aí não parei mais.
Minha vontade era formar um grupo de Rap Gospel (o Rimachine) porque eu era muito tímido para cantar sozinho. Formei o grupo com meus amigos Levi, Jhow de Diego, os nosso ensaios eram muito produtivos então começamos a nos apresentar em igrejas e a gravar nosso CD. Até que por problemas pessoais Jhow e Diego saíram do grupo, mas mesmo assim o Rimachine ainda se apresentou duas vezes comigo e o Levi. Como eu já tinha começado meu trabalho solo, gravando a musica “É essa a Fita”. Decidimos então acabar com o Rimachine sem terminar o CD (O nome Rimachine se tornou a “Rimachine Record’s” minha gravadora independente). Minha primeira apresentação solo foi na cidade de Salto na igreja “Comunidade Vida” e desde então começarão a surgir mais convites para se apresentar em igrejas e eventos enquanto gravava meu primeiro CD Solo em meu Home-Studio.O CD que se intitula “Dependente só de Deus” será lançado no dia 1º de Março de 2011, junto com seu Vídeo Clipe da musica “É essa a Fita”. E o Teaser/Trailer já esta rolando na internet.
Sou membro da I.E.P. O Brasil Para Cristo e para maiores informações sobre mim, meu CD e como contratar para apresentações (11) 9255-2134 e (11) 97075028 – MySpace: www.myspace.com/danilodnil e Twitter: twitter.com/D_Nil - Email: rimachinerecords@hotmail.com - Tel da acessoria do D-Nil: (11) 6194- 8498 (Thaís Oliveira)

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Caro amigo fujão de igrejas.

Tuas palavras não condizem com teu agir. Sua bebida é vodka, mas quem te vê nas redes sociais, acha que tua bebida é o vinho da Santa Ceia. Pensam que teu lugar melhor para estar é a igreja, mas você sabe que é um barzinho.
Ama Jesus em casa, se baseia em tudo o que ouviu o pastor pregar na tua infância, mas não consegue aplicar, porque o mundo te chama, te arrasta, o mundo te engole porque você é fraco e inconseqüente com a sua alma.
Lembra do seu cabelo, lembra do seu peso, mas esquece da tua alma. Esquece do preço que Jesus pagou por ela, esquece que cada gota de sangue vertida na cruz do Calvário foi por amor de ti.
Teus pais são crentes, servem a Deus e você por mais que tenha nascido em um berço evangélico não consegue ficar na igreja, não consegue servir a Deus.
Teu destino é o inferno, o seu salário no final de tudo será a morte, só existem dois caminhos.
Você não precisa fingir que se importa com Deus o tempo todo, porque sabe que não se importa. Lembra de Deus só quando a casa cai, ou quando tudo dá certo. Não tem a mínima coragem de ir até uma igreja, levantar as mãos e dizer que quer voltar pra Jesus. Sabe aquele Jesus que você deixou esquecido? Aquela Bíblia que ta no fundo da gaveta, ou aberta no Salmo 91 que nem tem mais utilidade pra ti vai ser a única coisa que vai te restar um dia.
Santidade está em ter atitudes corretas com Deus e se não conseguir, continuar lutando contra si mesmo para alcançar a salvação. E você tem feito o que? Agradecido a Deus quando te é conveniente? Dado glórias a Deus em público, mas é incapaz de dobrar os joelhos pra agradecer a Deus?
Se liga, velhão! Ou você acha que Jesus vai ficar pra seeeempre esperando tua boa vontade de resolver amá-Lo incondicionalmente? Pois não vai não! Ele te deu uma chance de ser salvo, não vai esperando ficar velho e ter filhos pra ser crente de verdade não, viu?! Essa história de voltar pra Jesus quando for a hora certa NUNCA dá certo. Volta pra Jesus enquanto é tempo.
Em 2 Timóteo 4:5 diz: "Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre teu ministério."
Se eu pego tanto no teu pé, meu caro amigo fujão de igrejas, é porque quando Jesus voltar, quero te encontrar lá no céu. Tô fazendo minha parte de evangelizá-lo MAIS UMA VEZ, faça tua parte de voltar correndo para os braços de Cristo.

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

O lugar é santo, seu torto!

Josué 5:15
"Então disse o príncipe do exército do Senhor a Josué: Descalça os sapatos de teus pés, porque o lugar em que estás é santo. E fez Josué assim."

Você chega na igreja e fica um ano bebendo água e conversando. Quando resolve sentar pra assistir o culto, não sabe bem o que é, mas alguma coisa não deixa você ficar sentado, e levanta toda hora pra fazer alguma coisa.
Você canta nos jovens, faz a leitura responsiva da palavra, toca na orquestra. Você ouve o pastor pregar, mas do jeito que te entra em um ouvido, te sai pelo outro. Parece que as horas passam bem devagar quando está na igreja e a voz do pregador te dá um soniiinho, as palpebras ficam pesadas. Você dá um jeitinho de abaixar a cabeça e dar uma breve cochiladinha.
Mas não é maldade, a juventude é assim, ué. Se você sente sono em casa, quanto mais na igreja. Normal.
Aquilo é só uma igreja, porque taaaaanta frescura?

Josué era um homem de Deus, teve que tirar as sandálias para ficar naquele lugar, porque era um lugar santo. Que dirá você, que mal sabe achar um livro da Bíblia rápido, mal conhece a palavra, sabe o Salmo 23 bem errado, no máximo sabe o nome de alguns personagens bíblicos. Você precisa não só ter reverência ao entrar na sua igreja, seja ela grande ou pequena, você precisa tirar tudo que há dentro de você que é ruim. Só não retire o Espírito Santo... aliás, se é que você tem o Espírito Santo.
Hoje estou sendo dura, porque um dia foram duros comigo e assim eu aprendi a ter INTIMIDADE com Deus. Respeito por Ele, amor, TEMOR.
Você canta no louvor, mas fala palavrão o dia todo, seja de raiva ou de alegria. Canta funk pornográfico e se comporta de maneira torpe. Suas fotos são sensuais, suas comunidades no orkut são cheias de mensagens agressivas (suas comunidades expressam o que você é). É briguento, mal educado, chinga os pais quando entra no quarto com raiva. Na igreja é top, mas se comporta como um idiota na faculdade. Não pode ver uma cervejinha ou uma bebidinha quente que já saliva a boca.
Assiste filme pornô, toca seu corpo de maneira indevida, não quer compromisso sério com ninguém, só beijar na boca ou quem sabe finalizar o rolê com sexo casual (ninguém precisa saber).
Nenhum namoro teu prestou, você mente o tempo todo pros colegas de trabalho, pega dinheiro sem pedir dos pais.
Se encaixou em alguma coisa? Se você se encaixou, meu amigo... tá ferrado!
Ou arruma isso com Cristo, ou seu destino é o INFERNO. Só existem dois rumos pra você: CÉU e INFERNO, e sinto te dizer, mas tá mais pra inferno, hein.
Tá na hora de consertar teus lábios pra cantar pro Senhor e pra tocar os instrumentos consagrados. Consertar teu comportamento com a sociedade, ou você acha que é normal pra Deus escrever o que você escreve no Orkut?
Não justifique teus erros pela tua idade.
Eclesiastes 12:1-2 (leia todo o versículo)
"Lembra-te também do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem anos nos quais venhas dizer: Não tenho neles contentamento; antes que se escureçam o sol, e a luz, e as estrelas, e tornem a vir as nuvens depois da chuva..."

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

O plano melhor

Quantas vezes algo que você sonhou muito deu errado?

Fica uma pergunta fácil de responder, não é?
Pois bem, tenho uma boa notícia pra te dar: Jesus não tem um plano B.
Boa notícia? Mas isso é péssimo.
Não... não é não.
A Bíblia (João 4) fala de uma mulher que encontrou Jesus e estava bem triste, pois tinha tido cinco maridos e nenhum de fato era marido dela. Acredito que ela tenha pensado que Deus não tinha um plano novo pra ela, que sua sina era continuar sofrendo e trocando de companheiro a vida inteira, até ficar velha, desinteressante e sozinha.
Se viu no lugar dela? Quando perdeu tantos empregos, ou tantos amigos, ou tantos relacionamentos? E você pensa: Ah, Senhor... De novo?
Agora é que vem a boa notícia... realmente não existe um plano B, tudo porque o A está ainda em continuidade. O plano de Deus é perfeito para nós, tem um começo, um meio e um fim. Existe a "permição de Deus" para que você cresça com as aflições, para que você sinta a real dor e arrume o que está errado na sua vida.
Sim! Essas coisas baixam tua auto-estima. A mulher de Sicar foi tirar água à tarde, o que significava que ela não queria contato com as outras pessoas, pois já tinha sido apontada por ter sido casada tantas vezes e estar vivendo com um marido que não era legalmente seu e Jesus a tratou como igual a todos. Desprezando seu costume judeu de não dirigir a palavra aos samaritamos e muito menos as mulheres samaritanas, Jesus falou com ela. Jesus naquele momento conseguiu enxergar o coração dela, e tratá-la com amor, mostrando a ela o evangélio Dele mesmo. Já pensou o próprio Jesus te evangelizar?
Esse encontro pessoal com Cristo com certeza deve tê-la feito se valorizar e estabelecer relacionamentos saudáveis com as pessoas, inclusive com homens.
É assim que Jesus muda nossa história. Pra Ele não importa quantos empregos você perdeu, se saiu ou foi mandado embora. Pra Cristo não importa se sua família toda é de outra religião e viram as costas pra você. Pra Jesus não importa se você já namorou muitas vezes ou nunca se quer beijou alguém. Pra Jesus importa o plano que Ele ainda não cumpriu por completo em sua vida.
Talvez as decepções possam te trazer o amadurecimento necessário para adquirir a bênção que Ele tem pra você. Necessário é apensar orar, vigiar, buscar a face de Deus, e arrumar seus caminhos e a bênção vai chegar.

sábado, 15 de janeiro de 2011

A salvação nos torna mais parecidos com Cristo e diferentes do mundo todo.

Você acha que Cristo era amado e querido por todos quando era humano?
Acha que Cristo só ouvia elogios e brados de adoração?
Acha mesmo que Ele só tinha amigos e que ninguém tinha inimizade com Ele?
Pois bem, acredito que muitos se perguntavam se aquela santidade Dele era só fachada, se tudo o que Ele dizia era só pra convencer as pessoas a serem que nem Ele.
Algumas pessoas acreditavam que Cristo pecava como todo o resto da humanidade, que Ele tinha algum caso escondido, ou que mentia... enfim, tentavam achar algum defeito Nele, mas nada encontraram.
É claro que não somos santos como Ele é, somos apensa "santificáveis", temos a condição de aperfeiçoar nossa santidade e isso não quer dizer que o mundo vai nos adorar por isso, pelo contrário, seremos sempre "os diferentes", "os malas", "os crentinhos" e graças a Deus por isso.
Quando você serve a Deus e o mundo te vê como qualquer outra pessoa, é porque você não está levando o brilho de Cristo nos gestos, no olhar, nas palavras.
Para nós jovens isso se torna mais complicado ainda, porque nós estamos expostos pela sociedade e é na nossa faixa de idade que aquilo que você tem e aquilo que você diz, veste, ouve, a sua ideologia é que define em que lugar você vai ser colocado.
Ou popular, ou uma pessoa como qualquer outra. Como somos humanos, tendemos a sempre querer um lugar de destaque até mesmo na igreja.
O mais preocupante é que hoje até mesmo os "crentes" se escandalizam com a santidade do irmão. Até hoje alguns jovens acham "estranho" uma pessoa falar em línguas estranhas, optar pela virgindade até o casamento, ou optar por consertar os erros do passado tendo a partir de um momento ter um namoro santo.
Até mesmo quem serve a Deus tem se escandalizado com as boas opções, com os bons comportamentos. Alguns crentes acham uma idiotisse alguém que opta por não beber nada alcóolico... Será que esses que escadalizam com essas boas coisas tem dentro de sí o Espírito Santo?
E você? Tem se escadalizado com a santidade do outro?
Romanos 13:11 diz: E isto digo, conhecendo o tempo, que é já hora de despertarmos do sono; porque a nossa salvação está agora mais perto de nós do que quando aceitamos a fé. 12 - A noite é passada, e o dia é chagado. Rejeitemos pois as obras das trevas, e vistamos-nos das armas da luz. 13 - Andemos honestamente [...]14- Mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo, e não tenhais cuidado da carne em suas concupciências.
Você tem pouco tempo ou nenhum tempo para reavaliar suas experiências e sua intimidade com Deus, pra renovar sua santidade. Porque como diz no versículo 11, no comecinho da sua fé era menos perigoso errar porque você não tinha muito conhecimento da palavra, mas agora que sabe deve se revestir das armas da luz que vem de Cristo.
Arruma sua vida com Deus e quando se escadalizarem com sua fé, pode ficar feliz porque você realmente mudou. E tome cuidado pra não ser um idólatra e religioso.
Ame a Deus acima de todas as coisas, tenha boas obras diante Dele e cumpra sua palavra... não precisa inventar.

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Eu digo SIM!

Eu digo sim ao Senhor.
Ao Senhor que sem qualquer pesar entregou sua vida naquela cruz que eu devia ter levado.
Eu digo sim às suas obras de amor e salvação.
Digo sim para fazer o seu querer.
Digo sim a renegar a mim mesma por amor a Cristo.
Digo sim ao Cordeiro que foi mudo, sentindo as minhas dores sem reclamar.
Digo sim ao Mestre que se fez homem para me conhecer por alma, corpo e espírito.
Eu digo sim ao seu querer, eu digo sim a dobrar meus joelhos.
Digo sim a Ele quando o mundo inteiro diz não, quando me olham com estranheza, com receio, com deboche... continuo dizendo sim ao Salvador que me olhou daquela cruz muito antes de eu nascer e teve misericórdia de mim.
Digo sim a leitura da palavra, a este alimento inesgotável, a essa fonte de ciência, sabedoria, milagres, cura.
Eu digo sim a serví-Lo sem esperar nada em troca e sabendo que receberei porque Ele é Senhor de tudo.
Eu digo: SIM, SENHOR! SIM, SENHOR! SIM, SENHOR! Sim! Sim! Sim! Quantas vezes forem necessárias.
Ao Lindo Filho de Deus, eu digo sim.
Eu digo sim quando Ele me oferece a luz em meio a escuridão.
Eu digo sim quando me perguntam se eu O sirvo.
Sim aos seus louvores, sim a engrandecê-Lo, sim a falar Dele para todos, sim a dobrar-me diante do Seu trono de glória.

Bless Your name forever more.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Quais são os ossos?

E lá estava Ezequiel, levado pelo Senhor a um vale de ossos secos. (Ezequiel 37)
Qual é o teu vale de ossos secos? Estar no meio dos ossos secos é difícil e ao mesmo tempo uma experiência maravilhosa.
Quando o Senhor te leva a ter uma experiência com Ele, pode parecer assustador, incômodo, estranho... ser levado a um lugar onde ninguém gostaria de ir nem mesmo em uma visões, um vale de ossos não deve cheirar bem, assim como aquele seu problema. Assim como as brigas frequentes dos seus pais, ou como a falta de dinheiro na sua casa, como uma família desfeita ou um relacionamento que não deu certo. O vale de ossos secos é assustador.
Porém, depois de se ver naquele lugar, Ezequiel ouviu a voz do Pai dizendo: Filho do homem, porventura viverão estes ossos? (Ez. 37:3)
Vá até o seu problema, seja ele grande ou pequeno. E imagine a voz de Deus te perguntando: Filho (a), será que esse problema poderá ser solucionado?
E Ezequiel diz ao Senhor: Senhor DEUS, Tu o sabes. (Ez. 37:3)
E aí você lembra que não tem dinheiro pra pagar o cursinho, ou pra pagar o transporte, lembra que teu irmão ainda não voltou pra casa depois das 2h00 da manhã, ou que seus pais ainda não voltaram a se falar. Lembra que teu namorado te deixou, ou que ele já não gosta mais de você, aquele menino da igreja não te corresponde.
O que você diz? Eu diria: Senhor DEUS, Tu o sabes.
Seguindo o rumo dos versículos, Ezequiel é levado por Deus a profetizar sobre toda aquela multidão de ossos secos e dizer: Vem dos quatro ventos, ó espírito, assopra sobre esses mortos, para que vivam (Ez. 37:9-10)
E Ezequiel viu todos aqueles ossos criarem musculos, carne, pele, cabelos e formar um grande exército.
Mais uma vez eu te pergunto: Qual é a sua multidão de ossos secos?
Que exército você precisa que seja levantado?
É, tá na hora de profetizar! Orar, orar com autoridade do Espírito Santo (lembre-se, autoridade DO Espírito Santo, e não SOBRE o Espírito Santo... você não manda em Deus).
E assim como Ezequiel viu aquele monte de ossos secos e mortos a tanto tempo, você verá teu emprego criar vida, tua família criar vida, teus estudos criarem vida, teu namoro ou futuro namoro criar vida.
Apenas profetize e diga aos teus problemas QUEM é o DEUS que você serve. Tome como lição Ezequiel, corajoso e use a palavra que sai da tua boa ao teu favor.
Vamo que vamo!

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Jesus é lindo!

"Exaltar-te-ei, ó Senhor, porque tu me exaltaste; e não fizeste com que meus inimigos se alegrassem sobre mim." Sl. 30

Pare apenas um minuto... Parou?
Quanto elogios você costuma fazer a Deus por dia?
Xiiiiii... Dois? Um? NENHUUUUM? Ah, eu não acredito!
Tudo bem, vamos lá. Quantos agradecimentos você fez ao Senhor hoje?
Putz! Te peguei nessa, né? Eu sei que nenhum agradecimento saiu hoje, até porque você trabalhou/estudou, ficou na internet vendo o seu Orkut, colocando as fotos da viagem que você fez. Trocou idéia com os amigos no Msn, twitou bastante, infelizmente você não conseguiu se quer agradecer pelo seu alimento.
Pois é... fico triste por você.
Na minha Bíblia tem várias frases soltas de pessoas que pensam de maneira cristã e em uma delas eu li: "Se você conseguir agradecer a Deus por cinco coisas por dia, todos os dias você terá cinco coisas pelo qual agradecer."
Pensou bem nessa frase? E aí? A que conclusão você chegou?
Fiz essa experiência com Deus, comecei a agradecer a Deus por cinco coisas, dobrei para dez, vinte coisas... quanto mais eu agradecia, mais Deus me dava bênçãos pelo qual agradecer. Simples assim!
E quanto àquela declaração de amor? Pensou?
Vou te dar umas dicas: Comece por Pai.
Hoje eu tenho milhões de adjetivos para descrever o nosso Deus: Maravilhoso, Conselheiro, Príncipe da Paz, Lindo... Eu chamo o Senhor de Lindo, porque eu fico imaginando como era a face de Cristo, descrita como sem beleza e formosura, como devia ser serena a Sua face, como deviam ser seus olhos doces, como devia ser sua expressão poderosa, firme. E agora, ressurreto e glorificado, como deve ser resplandecente Sua face, como seus cabelos devem brilhar, como seu corpo deve ser brilhante. Meu Jesus deve ser lindo, nosso Jesus deve ser lindo demais. Ele com certeza é lindo demais.
Faça esse exercício de engrandecer o nome de Jesus, de elogiá-Lo, e agradecê-Lo por tudo, por cada minuscula coisa que Ele tão maravilhosamente te concedeu. E nunca se esqueça de orar.

"De joelhos tocamos os pés do Senhor, como servo que se prosta pela autoridade do Mestre. Como filho que acaricia os pés do Pai. Como amigo que lava os pés do Melhor Amigo. Como noiva se rende aos pés do Amado. De joelhos os grandes milagres acontecem. De joelhos as lágrimas são mais sinceras. Estar de joelhos é como aos pés das cruz sentir as gotas do sangue de Cristo nos lavar por inteiro."

domingo, 9 de janeiro de 2011

Eu curto Cristo

Esse blog tem uma proposta bem diferente de evangelização. Usando de artifícios mais convincentes para gente da nossa idade e que não conhece um evangélio interessante.
Aqui vamos conversar com Deus sempre e levar a mensagem da cruz sem fantasias, sem moralismos falsos. Vamos falar do amor de um Pai que deu a vida de um filho por essa humanidade já praticamente destruida.
Faça parte lendo, participando, perguntando e sujerindo.
Meu nome é Ana, e tudo o que eu puder falar pra que Jesus convença os corações, eu falarei... pode ser que você se assuste com a minha maneira de falar, mas não posso deixar que você que não conhece esse meu Jesus fique ai perdido no mundo sem conhecer a verdade que dá paz, liberta, prospera, cura e salva, que é a verdade de Jesus Cristo.

Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 6:23

Morte? Como assim? Se eu não aceitar a Jesus alguma doença vai me matar? Se eu não aceitar a Jesus alguém vai me matar na rua? Vou morrer? É isso?
Não... até porque sem Jesus você já está morto.
Preste bem atenção em você, no seu coração, sentimentos... será que você sente aquela falta de alguma coisa que você nem sonha o que é?
Você vai pra baladinha, curte, ri, se diverte, pega geral, mas quando volta pra sua casa, dorme e acorda sempre tem alguma coisinha te faltando e aquele fervo da balada já não te dá mais alegria... simplesmente some.
O que resta é uma ressaca nervosa e sua mãe falando no seu ouvido, ou quem sabe ela já está tão cansada de falar com você que simplesmente nem liga mais. Quem sabe ela mesma vá com você pra balada e no dia seguinte fica você e ela com aquela cara inchada e novamente o vazio tá lá te enchendo.
O que é que tá te faltando que nem teus melhores amigos preenchem? O que será que te falta que você não fica com aquele gostinho de festa em você?
Seria bom se a curtição da festa continuasse a semana toda até a próxima festa, não é?
Pois é, mas eu tenho uma coisa pra te esclarecer: esse gostinho de balada, da parte da hora da balada some mesmo.
A única coisa que pode preencher alguém durante horas, dias, meses e anos não é balinha, ou Ice, ou Wisky com Red Bul ou Red Label. Não é pegar 13 minas numa noite e quem sabe até usar aquela camisinha que tava guardada no bolso. São todos prazeres que em algum momento se vão e o que fica são as consequências, que se até agora não apareceram, em algum momento da sua vida vão aparecer.
A morte que é dita no versículo é a morte de dentro, da felicidade que se pode alcanaçar.
Deus te dá satisfação garantida. Uma alegria que dura a vida toda, que mesmo se o teto estiver desabando na tua cabeça, você sabe que existe um Deus que te ama e cuida de você, o único passo que você tem que tomar é aceitá-Lo. O resto é Ele quem faz pra você.

JESUS TE AMA, E AMA MUITO.
Te ama mais que tudo!