Páginas

sábado, 26 de março de 2011

Banda Flecha


Nessa edição do "Eu curto Cristo", vou falar sobre uma banda de rock gospel que vem ganhando espaço no Sul do país.
To falando da Banda Flecha, galera!
Composta por seis jovens dispostos a acertar seu maior alvo que é Cristo através da música e de seus testemunhos de vida e conduta, a Banda Flecha se inspirou em ícones como Oficina G3, Hillsong, Fernandinho, Skillet e por aí vai.
A Flecha é bem jovem, tem apenas seis meses de idade, mas muita energia pra gastar louvando ao Senhor.
A inspiração para o nome veio do Salmo 127-4: “Como flechas na mão de um homem poderoso, assim são os filhos da mocidade.”
Os integrantes são todos da igreja Assembléia de Deus em Jaraguá do Sul - SC... Ah, quer saber mais sobre cada um deles? Aí vai:

Jairo Prado
: O mais eclético de todos, tem uma veia musical mais abrangente, tendo como paixão a black music, o rock e o rap. De timbre mais forte e composto, é o responsável pela parte mais grave dos vocais.
Toca violão, baixo, guitarra, teclado e compõe as músicas próprias da banda. Inventor de estilos, sempre emprega em suas canções a famosa “negrisse” ou “negritude” que dá todo o charme e diferencial na banda, misturando ritmos diversificados, atingindo todos os públicos e principalmente dando o seu melhor pra Deus. É o co-fundador da Banda Flecha.





Dinho (Chileno)
: Na música é o mais novo, sua vocação foi descoberta ao ser ouvido pelo Jairo enquanto cantava. Seu timbre é mais agudo e suas preferências são o rock, o rap e o pop rock. É o vocalista e o mais velho dos integrantes, seu ponto positivo é a curiosidade e o empenho em aprender. Estudioso, ensaia cada pequeno detalhe das canções que vai interpretar. Tem pouco tempo no evangelho, mas tem sua fé visivelmente bem alicerçada no Senhor.





Lucas: Nascido rodeado por música, não descobriu seu talento logo de cara. Na infância tentou teclado, mas decidiu trocar de instrumento. Aprendeu violão e bateria, dando inicio a sua carreira dentro da igreja. Seu conceito musical mudou quando descobriu o amor à guitarra. Nas musicas é mais voltado para os solos e riff, é habilidoso e manda super bem criando solos diferentes. Porém, o teclado voltou e veio a junção do teclado com a guitarra simultaneamente, no mínimo um traço bem incomum, eu diria. E é o mais novo da banda.






Wilsoooon! Ops! - Wilson: Estudou na escola Adventista e lá participou do coral, com isso ganhou um certo conhecimento musical. Parecia um garoto quieto, mas as aparências enganam. Wilson é completamente rock n’ roll! O guitarrista é o cara dos improvisos, e com um “gravador” dentro dos ouvidos não descansa até reproduzir exatamente o que escutou.








Ébener: O invocado da turma, cresceu com o Jairo quando eram muito, mas muito novos mesmo! Mesmo criança, já tocava na orquestra da igreja e dava show. Morou um tempo nos Estados Unidos e lá aperfeiçoou mais seu dom, quando voltou estava louco para montar uma banda, se uniu ao Jairo, mas a banda não ficou exatamente o que eles esperavam. Morou também na Nova Zelândia, onde tocou numa banda bem famosa por lá. O cara tem muita habilidade com as baquetas, é expert em viradas impressionantes e alguns truques na bateria. Toca também baixo, teclado e guitarra e às vezes também auxilia na separação das vozes com seu timbre intermediário. É o fundador da Banda Flecha.




Jadinho (Jadiel Filho)
: Baixista da banda, cresceu com o Jairo e o Ébener. Com musicalidade nata, começou cantando na igreja.
Descrito pelo Jairo como "o cara que parece ter seis dedos na mãos" é agil com o baixo, sendo impressionante na execução dos solos. Toca violão, teclado e gaita também.






Bom, esses são os seis flechas de Cristo, buscando através do louvor estarem ficandos no alvo que é Jesus Cristo, o amado das nossas almas e não distante Dele. Levando música de qualidade para fazer a obra da salvação.
Quer saber? Aumenta o som pra curtir a Banda Flecha.
Contatos: (Twitter) @JairoAfronegs, @ebener_7, @wilsonjrguitar, @Chilenoflecha e @BandaFlecha

Curti muito fazer essa matéria por ter sinceros sentimentos pelo trabalho desses "piás" em si. O Jairo é meu primo e não é nada espantoso ver esse progresso e crescimento musical, já que entre nós ninguém escapa da música. O Dinho, sem comentários, quem me conhece sabe que vou além de fã. Wilson é brother demais e os outros meninos, apesar de não conhecer, sei que são muito bons no que fazem. Portanto galera, OUÇAM a Banda Flecha.

YouTube: http://www.youtube.com/user/TubeBandaFlecha
http://www.youtube.com/user/afronegs

*Quer anunciar sua banda ou trabalho solo no "Eu curto Cristo"? Meu Twitter é: @AnaVicentee e meu email: na.nii6@hotmail.com - Entre em contato, você me ajuda e eu te ajudo.

domingo, 20 de março de 2011

O testemunho de Pedro.

Me vejo navegando em um barco, sem saber que tipo de maré me aguarda. Sem saber se vou pescar muito, pescar apenas o suficiente pra me alimentar ou se eu não vou levar nenhum peixe pra casa.
Olho pro céu e até mesmo seus sinais me confundem, está escurecendo mais, e aí eu sinto medo. O medo da responsabilidade de abastecer minha família e o meu orgulho talvez possa me acusar em algum momento.
Mas aí eu vejo o Mestre, em sua infinita glória e magestade andando sobre as águas. Ele vem calmo, com aquele rosto sereno e seus olhos me dizem para não ter medo, para confiar Nele.
Nessas horas minha sobriedade e racionalidade são inúteis, não alimentam minha fé porque não consigo me imaginar andando sobre as águas desse mar. Talvez se eu estivesse em uma região mais raza, eu pudesse tentar ir até Ele. Mas não, se eu afundar quem me trará à tona?
Talvez eu confie pouco em Jesus nesses momentos de desafio, ou talvez apenas não confie em mim.
Enquanto discuto comigo mesmo, o Mestre continua me olhando com aquele sorriso que eu já conheço, me transmitindo confiança.
Aqueles que estão ao meu redor não reconhecem a face do Mestre nessa escuridão. Eles tem medo do que vem vindo, eu só tenho medo do mar. Eu jamais deixaria de reconhecer aquela voz me dizendo para não ter medo, Jesus, o meu Jesus se apresentou a mim. Sou humano e O desafiei dizendo que se fosse realmente Jesus me fizesse caminhar com Ele sobre as águas. Um pé após o outro, o frio na espinha, mas dessa vez confiante. Senti o vento forte, o mar se mexer demais, me amedrontei, afundei e pedi ajuda do Mestre. Ele segurou firme na minha mão e questionou minha fé com aquela voz de repreensão e carinho ao mesmo tempo. Mais uma vez, a glória Dele foi manifestada, não só por ter me feito caminhar sobre o mar, mas por me salvar das águas. Reconheceram atráves do que Ele fez por mim que verdadeiramente Ele é o Filho de Deus. Meu Jesus... imploraram pra tocar na orla das Suas vestes, e eu, pobre Pedro pecador e falho tive a graça de ser salvo pelas mãos preciosas do Mestre. Desde então, me lembro poucas vezes de ter tido medo. O neguei antes da sua carne morrer, tive medo de declarar-me amigo Dele, mas ao vê-Lo ressuscitado, o medo se foi. Sou pescador de almas à serviço do Rei. E você?

Mt 14:21

quarta-feira, 2 de março de 2011

Dedinhos que acusam não aprenderam a abençoar.

Este domingo tivemos a edificante palavra do Presítero Nil em nossa igreja. Uma palavra forte sobre proferir bênção e não maldizer as pessoas.
Mas não é bem disso que eu quero falar hoje. Vamos nos lembrar daquela mulher que Cristo salvou do apedrejamento, lembra dela?
Possivelmente eu não vá citar uma versículo hoje porque o que eu vou dizer é simples e direto, trata-se também de ética cristã e de seguir os preceitos básicos de Cristo. Não necessitamos de ser expert em Bíblia pra entender que o inimigo de nossas almas é que é acusador. Jesus, o nosso Jesus não acusa ninguém.
Pra onde é que o seu dedinho anda apontando? Pra sí mesmo ou pra vida do seu irmão?
Aquele menino da tua igreja pecou: - Ó meu Deeeus! Que coisa horrorosa. Deus vai te perdoar, querido... mas eu não. Vou ficar o resto da tua vida te lembrando que você é um pecador e talvez você nem mereça perdão. Vou afastar as pessoas de você porque não é uma boa influência. Eu gosto de você, mas é impossível não lembrar do que você fez.
Se você faz isso concientemente ou inconcientemente, tá ferrado, meu querido! A Palavra de Deus diz em Miquéias 7:18-19 que Ele lança todas as nossas iniquidades no mar do esquecimento. E então eu lhe pergunto: Quem é você pra apontar o teu dedinho em direção ao teu irmão acusando-lhe?
Você se acha bom de mais, talentoso demais, usado demais por Deus, santificado demais, reto demais, é único, é destaque na tua igreja, tem uma conduta inquestionável perante todos, todos te admiram, te elogiam, querem ser como você, estar numa mesma posição que você. Mas enquanto o pecado dos outros é público e comentado nos bastidores o seu pecado é oculto e muito pior porque a tua língua e os teus pensamentos traem a palavra de Deus. Você é maldoso demais, desacreditado de que alguém pode mudar e progredir, porque na verdade você nunca cometeu um pecado grave. Será?
Olha o que diz em Mateus: "Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;" (Mateus 5 : 44)
.
Em João 8, a Bíblia fala sobre uma mulher adultera que o povo desejava apedrejar. A atitude de Cristo, contrariando a lei de Moisés, porque em Jesus havia MISERICÓRDIA foi perguntar a todos ali quem não tinha pecados. E você com certeza, como o resto do mundo todo, crentes ou não tem uma multidão de pecados.
Mas aí você me diz: Ah, meus pecados são pequenos, cotidianos.
Pois eu lhe digo: Não existe uma maneira de medir o tamanho dos pecados, se você tem relações sexuais antes de se casar, mente pra alguém, fala mal de alguém, julga em falso, está pecado do mesmo jeito.
Tua mania é apontar, apontar, apontar... Dizer que "fulano" não serve, ele não presta. Olha o passado dele, tão sujo, tão podre. Tá querendo tomar o lugar de Deus dando seu juízo a quem bem entender? Tá querendo ser mais santo que todos apenas pra mostrar que é santo e não se preocupando com a opinião de Deus sobre você?
Aquele teu amigo do passado sujo vai pro céu porque se sujeitou ao perdão de Deus, se sujeitou a transformação. Mas você vai pro inferno porque vai morrer com a tua língua maldizente e teus pensamentos acusadores.
Se liga, meu irmão! Jesus está voltando e você só tem obras pra oferecer, porque a tua fé está em si mesmo e não em Cristo. Teu orgulho e soberba estão te atrapalhando a enxergar o alvo maior que é Cristo. A vida dos outros é dos outros. Cuide da sua salvação que é individual.
- Ah, Ana, mas eu sou lider lá na igreja, tenho que cuidar dos meus liderados.| Eu tenho que falar, não aguento!
Disse bem, é lider na igreja. Não interfira no namoro do outro, no trabalho do outro, nas escolhas do outro se não for procurado pra isso.
Não confunda a sua opinião pessoal com a opinião de Cristo. Acredite, quase sempre vocês pensam bem diferente.
Bom, acharam que eu peguei pesado hoje? Eu acredito que não.

Ps.: Acabei citando alguns versículos! hasuhausha