Páginas

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Salmodeando o Apocalipse

Eu quero celebrar esse Cristo, celebrar com a vida, com as minhas atitudes. Quero celebrá-Lo pela Sua excelência, pela Sua grandeza.
Quero celebrar à Sua personalidade santa, ao Seu jeito misericordioso, pela graça que nos deu através da cruz.
Quero celebrar Sua proteção, Sua fidelidade e amor.
Quero ter louvor para dar ao Senhor quando eu entrar em Sua casa, quero ter reverência ao pisar em Seu templo. Quero me lembrar sempre que o Senhor se manifesta no silêncio de uma oração e no barulho de um clamor.
Quero ter meus dons e talentos entregues a Ele, quero ter minhas ansiedades supridas pela esperança que Ele me dá. Quero acordar todos os dias agradecendo mesmo pelas lutas. Quero entender e saber enxergar a beleza da santidade do Senhor, quero ver nos céus de incontáveis estrelas a quantidade de promessas que Ele fez e vai cumprir.
Quero exaltar Suas atitudes poderosas, Sua manifestação intensa e sem palavras poder descrevê-Lo em um quebrantamento de coração.
Quero louvá-Lo com todo e qualquer som que eu puder produzir, quero dançar no rítmo do vento que o Espírito Santo sopra.
Quero viver nessa atmosfera de louvor, quero permenecer firme até o fim e aprender a levantar após cada tropeço até o dia que Ele vier me buscar em glória.
Imagino Sua vinda, Sua veste resplandecente, Seus olhos brilhantes, Sua veste salpicada de sangue. Quero ver em Sua coxa aquilo que declaro com tanto amor: "Rei dos reis, Senhor dos senhores".
Esse Jesus que espero tanto, me preenche a cada dia. Eu Te louvarei para sempre enquanto Te espero.

Nenhum comentário: