Páginas

sábado, 26 de maio de 2012

Meu testemunho - Ana Vífer

Bom, vamos começar do jeito certo.
Minha vida contém vários testemunhos, um dentro do outro. Vou começar pela voz.
Aos 9 anos de idade eu entrei nos adolescentes da igreja que eu freqüentava e minha voz era infantil, apesar da afinação ela era praticamente inaudível.
Para quem não sabe, minha mãe é uma cantora excelente, afinadíssima e de um timbre maravilhoso. É compositora e ministra de louvor, mas eu não tinha voz.
Certa vez, já mais velha e com a voz já amadurecida, ouvi dizerem: "bem se vê que filho de peixe não é peixinho". Aquilo doeu muito ao meu coração, eu me senti realmente um peixe fora d'água já que meus familiares mais próximos cantam maravilhosamente bem, eu amava muito cantar. Por alguns anos fiquei complexada, mas ainda sim meu coração dançava e cantava diante de uma canção e eu não conseguia resistir à música.
Foi então que eu fui para a igreja onde meu pai já pastoreava (O Brasil para Cristo - Limoeiro) e ali eu pedi ao Senhor que me desse uma voz diferente de todas as outras... Ele me deu.
A voz docinha, miúda e que quase não soava tomou corpo instantaneamente e se tornou uma voz grave e potente durante um ensaio do ministério de louvor, eu tinha aproximadamente 15 anos. Nem eu acreditava, nunca atribuí a mim mesma, mas isso foi dom de Deus.
Aos 18 anos minha vida desandou, minha vida com Deus enfraqueceu, eu servia a Deus pela metade com a cabeça no mundo e nesse período eu contraí a Síndrome do Pânico. Eu ficava do lado de fora da minha casa, tinha medo das coisas ocultas e com o passar do tempo eu perdi o sono, a fome e a relação com as pessoas.
Foram meses de terror para mim, eu não tinha paz. Eu vivia um medo invisível e tinha vergonha da doença porque as pessoas nunca dão crédito a um tipo de situação como essa, acham que uma síndrome do pânico se cura com coragem ou alguns meses de consultas ao psicólogo. Mas só Jesus Cristo tem poder para curar doenças psicológicas.
No meio de uma crise de perturbação, me vi sozinha esperando que um dos meus pais chegasse para que eu pudesse entrar dentro de casa, já que sozinha eu tinha medo de alguma coisa aparecer pra mim, de algum barulho me amedrontar. Assim que minha mãe chegou, relatei a ela tudo o que se passava comigo.
Foram dez meses de sofrimento até contar a ela o que estava acontecendo. Cheguei a esse estado por conta de um "simples" filme de terror. Não se engane, quem inspira o filme de terror é o diabo e ele pode fazer estragos através de uma criação que parece tão inofensiva.
Fui poderosamente ministrada pela minha mãe e Jesus foi comigo naquela lembrança e tapou meus olhos espiritualmente, restaurou minha saúde mental e eu fui liberta. Aos poucos fui recobrando a vida cotidiana e fui curada para a glória do Senhor. Hoje eu estaria dependente de medicamentos de tarja preta, antidepressivos e controladores de humor e talvez nunca mais fosse uma garota normal se não fosse a mão de Jesus.
Mais tarde, aos 19 anos, beirando os 20 comecei a ter experiências extraordinárias com Deus e após confessar meus pecados, retomei meu ministério, sem fugir, sem me esquivar, mas pronta para fazer a vontade de Deus.
Foi ai que criei este blog e aqui comecei a escrever as coisas que o Senhor colocava dentro do meu coração. O tom grave da minha voz ficou mais grave ainda e Jesus é exaltado cada vez mais através dela.
A leitura da Palavra virou lei para mim e meus horizontes espirituais foram se abrindo.
Não é fácil sair do pecado, de uma síndrome de pânico, mas é glória para o nome de Jesus. Acredito que eu nunca tenha vivido algum dia uma experiência tão maravilhosa na minha vida espiritual e ministerial como estou vivendo hoje.
Tive que passar por vergonha, por escuridão, medo, desespero, conhecer o lado feio do mundo para entender, mesmo nunca tendo me afastado da igreja que eu sempre estive longe de Jesus.
E mesmo assim Ele teve misericórdia de mim e me dá mais dEle do que eu poderia imaginar que teria.
Sei que Deus ainda tem coisas maiores pra Ele mesmo na minha vida, eu reconheço totalmente que tudo é dEle e que é para a glória dEle que eu ainda estou aqui.
Realmente me sinto agora pronta para fazer a obra, para sair levando a palavra da cruz e meu testemunho onde eu for. Tenho mais alguns muitos testemunhos para contar e quando Jesus me der as oportunidades, eu vou contar.
Quero agradecer ao meu pai, Pr. Altemar Rocha que me ensinou desde o ventre os caminhos do Senhor e por esse motivo o temor sempre esteve dentro do meu coração, por ser exemplo de honestidade e servidão a Deus. Quero agradecer a minha mãe Pra. Derci Rocha que é minha amiga, minha pastora, minha ministra, minha lider e principalmente minha mãezona em todos os momentos e foi através dela que eu fui curada.
Quero agradecer a minha família pelo apoio e reconhecimento, ao meu ex-lider de adolescentes Renato Pauferro por me ensinar a gostar de música boa e dizer a ele com carinho que ele estava errado, eu sou filha de sabiá para louvor do Senhor!
Agradeço a minha amiga Mariana Andressa pelas constantes orações pela minha vida e pelo meu ministério, quero te dizer que oro pela sua vida e ministério também. Ao meu irmão Henrique Jordan, baixista-violonista, gatão do ouvido absoluto e de um talento incrível, que o Senhor te abençoe por dizer que eu semitonei algumas vezes. Minhas tias-mães Raquel Vicente e Sula Vicente pelo carinho. Tio Paulo Sérgio pelo incentivo. Ângela pela amizade, Deus te ama muito, você é jóia rara do Senhor e Ele vai te honrar. Luiz Gustavo, obrigada por ser tão amigo e por cantar tanto comigo. Marcos Vicente por dividir tantas canções e pensamentos sobre a palavra. Enfim, toda a família Vicente e aos Rochas também. Quero lembrar aqui a Carol Freitas, oro muito por você, você sabe que o Senhor tem te chamado, se apressa em fazer a vontade dEle. Paulo Cesar Mathias pelos momentos de louvor. Wilson Junior meu amigo do coração e Banda Flecha em geral que liberaram sua história assim como o rapper D-Nil.
Quero também lembrar meu querido coral-de-quintal "Family" que por muito tempo me fez muito feliz e alí tivemos experiências com Deus maravilhosas e que me recordo até hoje com muito amor (Fabíola, Rudner, Sara, Cleiton, Everton, Tia Coto, Tia Keka, Mayra, Miriam, Jaqueline, Rodrigo Vasconcelos e Diego Vasconcelos, Isteferson e me perdoem se eu esqueci alguém). Lembranças a todos os HC's, que foi o melhor coral de adolescentes gospel do Brasil. Diaconizas Aline, Tânia e Fernanda pelas constantes orações, pelo carinho e pela amizade.
Agora em excelentíssimo lugar eu agradeço ao meu Senhor Jesus Cristo que me resgatou de mim mesma e me trouxe para o verdadeiro chamado que tem para a minha vida. A Ele toda a minha vida, minha respiração, meus pensamentos, vontades e atitudes. Ao Senhor meu canto e minha mais íntima adoração. Eu Te agradeço pela cura e pela transformação de vida.

Eu sou ex-filha de crente, hoje crente de verdade.

7 comentários:

Vandré Lima disse...

Que testemunho lindo Ana,as vezes estamos perto das pessoas,mas tao distantes nao e mesmo....
via vc sorrindo,nem poderia imaginar...
Que Deus a abencoe grandemente e obrigado por mostrar quao grande e o nosso Deus.

Ana Vífer disse...

Valeu Vandré... essas doenças da alma e do psicológico nunca são vistas fisicamente. Foi uma grande experiência mesmo com Deus. Fica na paz, Deus te abençoe grandemente na caminhada.

Altemar Rocha disse...

Lindo testemunho, filha. Eu sabia um pouco do que estava acontecendo, mas não tudo. Sempre orei por vc e sabe o quanto eu te amo. Vc parece um lindo passaro cantando em casa. É como uma flor, pois sinto o seu perfume e sua beleza adornando nossa casa e o nosso coração.

Roselini Leal disse...

Sabe Ana você rendeu-se a DEUS é se aconchegou nos braços dele é agora ele fará brotar beleza , paz é tranquilidade no seu espírito, muito lindo maravilhoso seu testemunho um abraço bem apertado te considero muito .Amém

Ana Vífer disse...

Brigada pai... e Tia Coto, morro de saudades!

Anônimo disse...

tbm tenho dificuldades pra louvar minha voz não tem brilho...mais é afinada...choro muito por isso mais acredito que um dia vou louvar a Deus da maneira que eu sonho...esse é o meu maior desejo...seu testemunho me confortou muito o coração e me ajudou a fortalecer a fé...obrigado..

Anônimo disse...

Testemunho lindo!