Páginas

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

E sabereis que eu sou o Senhor - O vale de ossos secos

Existe um mundo espiritual do qual infelizmente poucos cristãos acreditam. Não é fantasia e nem imaginação, é a dimensão do espírito que transcende nosso vão entendimento. Nesse mundo espiritual o comandante é o próprio Deus e absolutamente nada acontece sem que seja dada a permissão dEle. Ezequiel estava ali vivenciando uma experiência espiritual que talvez muitos de nós não teria estrutura psicológica e nem física para suportar (esse tipo de coisa cansa até a nossa carne tamanha intensidade), ele estava em uma terra distante, mas a sua terra, que era Israel estava prestes a viver o sobrenatural de restauração da parte de Deus. Quem tem dom de sonhos e visões sabe como é esse tipo de experiência, é algo arrebatador. Mas Ezequiel tinha um diferencial da parte do Senhor para com ele e da parte dele para com o Senhor, ele acreditava no sobrenatural e Deus o deixava participar do sobrenatural. Que possamos entender que o sobrenatural não é para provar que algo vai acontecer, o sobrenatural é um diferencial na vida de quem busca entender as coisas espirituais. Quem vive o sobrenatural de Deus começa a entender o rumo da sua própria vida e sabe que existe uma luta entre anjos, principados e potestades nos ares para nossa bênção chegar em nossas mãos e em alguns casos o Senhor nos permite ver como essas coisas funcionam para que possamos testificar a soberania de Deus não apenas como crença, mas como memória humana ou física (quem já sonhou que tava lutando com algo maligno sabe como é acordar com dores físicas). Onde eu quero chegar com esse texto? Quero dizer que vivenciar algo da parte do Senhor, existe separação. Separação do nosso intelecto que duvida e da nossa condição de raciocínio com pouca fé. Exige também a junção do nosso espírito com o Espírito de Deus. O sobrenatural da conquista para Ezequiel era ver o povo de Israel novamente de pé e restaurado da sua assolação por meio daquela visão, era ver aquilo que estava morto (o espírito do povo) ressuscitar em visão para a retomada da posição de povo escolhido e separado por Deus. A sua condição pode ser sua família destruída, uma doença, uma solidão, uma necessidade financeira, qualquer coisa e talvez você precise desesperadamente viver algo fora do comum com Deus. Mas como? Observe que Ezequiel foi levado para a Babilônia e por ser um homem de Deus dali pode ver a terra de Jerusalém e vivenciar essa visão. Ele não precisou estar lá no meio do povo, ele precisou somente dar espaço para o Espírito de Deus leva-lo até lá. Com Deus as coisas que não são passam a ser, e Ele traz a existência o que não existe. Para viver o sobrenatural de Deus é preciso ter um envio, é preciso buscar esse envio e se separar para viver esse envio e ter fé para resgatar os frutos do envio. Parado, saboreando ainda o banquete podre do mundo, achando que pode ser de qualquer jeito você não vai viver esse envio da parte do Senhor. É necessário ser levado pelo Espírito de Deus, dar legalidade a Ele para que você tenha um mover sobre a sua vida. Que você possa ser levado pelo Senhor ao seu problema e que você possa ordenar aos quatro ventos do Espírito sobre essa situação e ver se levantar um grande exército que vai lutar pela sua bênção e tudo o que está morto viverá. Que você viva a restauração da sua família, que possa ver o amor reviver. Que você possa receber a cura, que possa ter um bom encontro, que possa testificar a provisão de Deus e a fartura no seu lar. Que possa ter seus lagares cheios, seus celeiros abastecidos. Que possa receber verdadeiramente um envio de restauração do que está assolado e destruído e ver vivo aquilo que está morto. Obs.: Enquanto eu escrevia esse texto, algo maluco estava dentro do meu coração. E meu coração fervia com as palavras que esse texto bíblico contém e quando eu penso nas tantas vezes que o Senhor diz "e sabereis que eu sou o Senhor", a minha vontade é gritar que Ele é o Senhor do sobrenatural e que não há nada que Ele não possa fazer. Graça e paz!

Nenhum comentário: